EDUCATIVO

Como forma de as crianças desvendarem o mundo da música erudita, a Orquestra Sinfônica de Piracicaba desenvolve três projetos socioeducativos, com recursos da Secretaria Municipal de Educação, que contemplaram pelo menos 40 bairros da cidade, entre abril e novembro, exceto em julho, mês de férias escolares.

No projeto ABC do Dó Ré Mi, estudantes da rede municipal de ensino visitam o Teatro Municipal Erotídes de Campos, no Engenho Central, para um “showcerto”. A intenção é familiarizá-los aos diferentes aspectos dos instrumentos.
 
O roteiro do ABC do Dó Ré Mi costura música e teatro, em que um maestro e um ator cômico guiam a plateia pelo maravilhoso mundo dos sons, sempre ilustrado pela música. As atividades começaram em 2016, com duas apresentações mensais pré-agendadas entre as escolas. O elenco é composto por 18 instrumentistas, profissionais e estagiários, divididos em sete cordas, quatro mateiras, quatro metais, um tímpano, uma percussão e um piano. 
 
Projeto de formação, difusão e valorização cultural das crianças da rede municipal de ensino, o Música nas Escolas teve sua primeira edição no segundo semestre de 2015.
 
As aulas laboratórios são ministradas por quartetos de cordas, madeiras e metais, que visitam as escolas municipais para demonstrar, na prática, como a música erudita faz parte de suas rotinas. Os alunos ouvem músicas temas de filmes ou desenhos, além de canções célebres, e também recebem explicações didáticas sobre o funcionamento dos instrumentos.
 
A parceria entre a OSP e a Secretaria Municipal de Educação é fruto de convênio celebrado após a aprovação, pela Câmara de Vereadores, do projeto de lei 316/2015, e da promulgação da lei 8.365/2015, pelo prefeito Gabriel Ferrato.
 
A partir de 2018, teve início oficialmente o projeto Pequena Grande Orquestra, em que 72 estudantes recebem aulas de violino, com a intenção de formar uma orquestra infantil.