Espetáculo une músicas clássica e caipira

Espetáculo une músicas clássica e caipira

Unir a tradição erudita com a música popular é a proposta do espetáculo "Viola Caipira in Concert", que a OCP (Orquestra de Câmara de Piracicaba) apresenta acompanhada do multi-instrumentista Neymar Dias na viola brasileira. O concerto acontece neste domingo (15), às 17h, no Teatro Municipal Erotides de Campos, o Teatro do Engenho. Os ingressos podem ser adquiridos pessoalmente ou no site www.megabilheteria.com.

Entre as obras que poderão ser apreciadas pelo público estão "Tempo de Avanço", de Lourival dos Santos e Tião Carreiro. Há também a "Suíte Raiz", de autoria de Neymar Dias, que reúne os sucessos "Tristeza do Jeca", de Angelino de Oliveira; "De Papo pro Ar", de Joubert de Carvalho e Olégario Mariano; "Boiadeiro Errante", de Teddy Vieira, e "Chora Viola", de Tião Carreiro e Lourival dos Santos.

Do compositor alemão Johann Sebastian Bach, Neymar Dias produziu arranjos para a cantata "Wachet Auf Ruft uns die stimme" e "Partita em Mi maior BWV 1006", ambas de originalmente compostas em 1731. "Sou um apaixonado pela música de Bach e sempre quis trazer sua atmosfera musical para a viola, como forma de aproximar dois universos que, em princípio, são muito distantes", diz Neymar.

No espetáculo, o público também ouve a canção "Brandenbird", que mescla o "Concerto Brandenburgo Nº 3", de Bach, com "BlackBird", dos Beatles. Outras duas composições são de autoria do próprio Neymar: "Concertino para Viola Caipira e Orquestra" e "Barroca".

"O espetáculo faz uma perfeita união caipira-erudito, em que Neymar Dias transpõe para a viola brasileira uma música densa, cheia de texturas e marcadas pelo que há de mais plural na cultura musical", avalia o produtor e arquivista da OCP, Anselmo Melosi.

Integram o espetáculo os instrumentistas Denis Usov, Igor Nogueira, Jacqueline Lopes de Oliveira e Felipe Tonon nos primeiros violinos, Luis Fernando Dutra, Ricardo Yeda Rebolças, Victor Freitas Matos e Paulo Camilotti Tavares nos segundos violinos, Catarina Schmitt Rossi e Iriz Costa Felippe nas violas, Ana Clara Alves e Deni Rocha nos violoncelos e Anselmo Melosi no contrabaixo.

NEYMAR DIAS - Autodidata, aprendeu vários instrumentos de cordas. Posteriormente, iniciou os estudos regulares de música e formou-se em composição e regência pela Faam (Faculdade de Artes Alcântara Machado), integrando também orquestras respeitadas como a Osusp e a Experimental de Repertório.

Recebeu, em 2005, o prêmio revelação do "Prêmio Syngenta de Música Instrumental de Viola Caipira". Lançou o primeiro CD, "Capim", em 2009, com obras e arranjos seus. Em 2010 lançou o CD "Intervalo", de seu quarteto de cordas, com obras autorais, onde atua como compositor, baixista, violeiro e arranjador.

Em 2012 lançou o CD "Caminho de Casa", no qual toca vários instrumentos, em homenagem à música caipira, à viola caipira e suas várias influências. Em 2013 lançou CD em parceria com Toninho Ferragutti em Duo. De 2011 a 2013 integrou, como violeiro e violonista, a banda de Ivan Lins. Em 2014 foi nomeado ao Grammy Latino, juntamente com Toninho Ferragutti, concorrendo na categoria de melhor álbum de musica raiz (Festa na Roça).

Lançou, em 2015, ao lado do baixista Igor Pimenta, o CD "Çome Together Project”, dedicado a obra dos Beatles. Em 2015 e 2016 fez a turnê nacional com Monica Salmaso. Em 2016 arranjou e produziu um novo projeto com Ivan Lins e Rafael Altério. Em 2017 lançou o CD Neymar Dias Feels Bach, com transcrições de obras de J.S.Bach para viola caipira.

A OCP – A Orquestra de Câmara de Piracicaba é composta por experientes instrumentistas da região, que integram a OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba), e se uniram para apresentar concertos com obras célebres da música clássica, além de repertório diversificado.

A primeira apresentação do conjunto ocorreu em maio, apenas com instrumentos de cordas, no espetáculo "Uma Viagem pela História da Música", que reuniu as principais composições eruditas. Em junho, já com a formação com instrumentos de sopros, a OCP apresentou canções de Pixinguinha, Zequinha de Abreu, Luiz Gonzaga, entre outros, além da estreia de "Suíte 2018 para Conjunto de Metais", de Ernst Mahle.

Também fizeram parte da série de apresentações o espetáculo "Rock in Concert", em agosto, que promoveu um passeio por diferentes eras do rock-and-roll, seus gênero e subgêneros, além de "Primavera, Música e Astronomia", montagem que uniu música clássica e observação dos astros, com telescópios disponíveis ao público.

Os concertos da OCP são realizados pela Cultura Artística, com o apoio da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural), Teatro Erotídes de Campos, Orquestra Sinfônica de Piracicaba, Jornal de Piracicaba, Revista Arraso e Delphi Technologies. O patrocínio é da Aroma Bioenergia.

SERVIÇO – Espetáculo "Viola Caipira in Concert", da Orquestra de Câmara de Piracicaba. Domingo, 15 de dezembro, às 17h, no Teatro Municipal Erotídes de Campos (avenida Maurice Allain, 454, Parque do Engenho Central). Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 20 (Clube JP) e R$ 15 (estudantes, idosos e professores da rede pública). Venda pelo www.megabilheteria.com ou na bilheteria do teatro. Informações: (19) 3413-5212 ou www.sinfonicadepiracicaba.org.br.