Sinfônica de Piracicaba recebe maestro Parcival Módolo e saxofonista Rafael Migliani

Sinfônica de Piracicaba recebe maestro Parcival Módolo e saxofonista Rafael Migliani

A OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) realiza dois concertos com entrada gratuita no sábado (25). As apresentações acontecem às 16h e 19h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto, e trazem o maestro Parcival Módolo, como regente convidado, e o saxofonista Rafael Migliani, como solista. Os ingressos estarão disponíveis a partir da sexta-feira (24), no site megabilheteria.com. A realização é da Prefeitura do Município de Piracicaba, via Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), sob o patrocínio prata da Caterpillar e patrocínio bronze da Comgás.

Com passagens por diversas orquestras dentro e fora do Brasil, Parcival Módolo permaneceu por 14 anos como regente titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica Municipal de Americana, sua cidade natal. Também ocupou as mesmas funções nas sinfônicas de Campinas e Ribeirão Preto. Atualmente, é o principal maestro convidado da Orquestra Sinfônica de Potsdam, na Alemanha, e coordenador geral de Arte e Cultura, da Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Presbiteriano Mackenzie.

"Poucas cidades brasileiras têm o privilégio de ter uma orquestra e muito menos uma orquestra tão grande, eficiente e aplicada como é a de Piracicaba, o que é mais difícil ainda em termos de Brasil", diz Parcival, sobre o convite para reger a OSP, feito pelo diretor artístico associado, André Micheletti, e pelo regente titular e diretor artístico, maestro Jamil Maluf. "Selecionamos um programa com obras, em sua maioria, nunca tocadas por esta orquestra, e esperamos que o público goste de conhecê-las", completa Parcival.

Para abrir o programa, a OSP apresenta "A chegada da Rainha de Sabá", do oratório Salomão, de autoria do alemão Georg Friedrich Händel. A peça de 1748 foi apresentada pela primeira vez em Londres, um ano após a sua composição. É considerada um dos clássicos mais populares do mundo e ficou ainda mais conhecida ao integrar as Olimpíadas de Londres de 2012, na cerimônia de abertura, quando o ator Daniel Craig (James Bond) foi ao encontro da rainha no Palácio de Buckingham.

Na sequência, a OSP interpreta "Aladdin", suíte em sete partes inspirada na clássica história do jovem humilde que descobre uma lâmpada mágica. Composta pelo dinamarquês Carl Nielsen, em 1918, a obra tem, entre os seus destaques, o ato O Mercado de Ispahan, que, segundo Parcival, impressiona por dividir a orquestra em quatro para apresentar todos os seus sons, "dando a ideia de uma confusão organizada" e remeter à sonoridade de um mercado persa.

Do francês Darius Milhaud, a OSP traz "Scaramouche, op. 165", que terá, ao saxofone sinfônico, Rafael Migliani, professor do Conservatório de Tatuí, chefe do naipe de saxofones da Banda Sinfônica dessa mesma instituição e integrante do Duo Rafael Migliani & Cristiane Bloes e do Quarteto de Saxofones SaxBrasil. Segundo Parcival, Milhaud viveu dois anos no Brasil e compôs várias músicas com temas brasileiros. “Inclusive, a última das três partes, se chama 'Brazileira', em ritmo de samba, o que irá contagiar o público", informa.

Ao final, o programa traz dois movimentos da "Série Brasileira", uma das obras mais conhecidas do cearense Alberto Nepomuceno, composta de 1888 a 1892: A Sesta na Rede e Batuque. A peça foi classificada como uma das precursoras do nacionalismo na música brasileira. Seus elementos sonoros rementem ao folclore nacional, à natureza, à pintura, e a ritmos como o maxixe e o batuque.

PROTOCOLOS – Os concertos são realizados de acordo com o decreto municipal 18.847/2021, que trata da realização de atividades coletivas no município, desde que seja respeitada a distância de um metro entre os participantes, o que permitirá 343 lugares por sessão no Teatro Dr. Losso Netto. Os músicos e toda produção seguem o "Protocolo de segurança sanitária para a prática musical em ambientes públicos em tempos de pandemia da Covid-19", do Fórum Brasileiro de Ópera, Ballet e Música de Concerto.

São apoiadores da Temporada 2021 da OSP a Empem (Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle), Mega Bilheteria, Jornal de Piracicaba, Revista Arraso e Rádio Educativa FM.

SERVIÇO – Temporada 2021 da Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Sábado (25), às 16h e 19h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto (avenida Independência, 277, Centro). Entrada gratuita. Ingressos disponíveis a partir da sexta-feira (24), no site megabilheteria.com. Doe um pacote de fralda geriátrica, em prol do Fundo Social de Solidariedade. Informações: sinfonicadepiracicaba.org.br ou (19) 3433-3264 e 3434-2168.