Sinfônica de Piracicaba recebe convidados internacionais em outubro

Sinfônica de Piracicaba recebe convidados internacionais em outubro

A OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) recebe convidados internacionais no próximo sábado (30), às 16h e 19h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto. Como regente, o maestro Knut Andreas, da Alemanha, e como solista, o violinista italiano Emmanuele Baldini, spalla de uma das principais orquestras da América Latina. Os ingressos gratuitos podem ser retirados no www.megabilheteria.com a partir das 10h de sexta-feira (29). A realização é da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), com patrocínio prata da Caterpillar e patrocínio bronze da Comgás.

A primeira obra do programa é a abertura da ópera "Pequena Dama", do compositor austríaco Franz von Suppé, que estreou em Viena em 1862. Na sequência, a OSP interpreta "Concerto para Violino Nº 1, Op. 26", composta em 1866 e que possui três movimentos. É um dos mais populares concertos para violino de repertório do compositor alemão Max Bruch, além de sua obra mais famosa. No encerramento, a peça "Noturno Sinfônico", feita pelo alemão Kurt Weill em parceria com Moss Hart e Ira Gershwin para o musical da Broadway, Lady in the Dark, estreado em 1941.

Segundo o diretor artístico associado da OSP, o violoncelista piracicabano André Micheletti, o concerto é caracterizado pela riqueza melódica das obras e ainda pela junção de dois grandes nomes no palco. “Recebemos o Knut Andreas em 2019, no concerto de aniversário da cidade e no encerramento da temporada. Ansiávamos pelo seu retorno, pois é um maestro que extrai da orquestra toda a sua potência e que cativa de forma significativa o público", analisa Micheletti, ao citar ainda a vinda de Emmanuele Baldini: “é, hoje, um dos principais nomes do violino na música clássica, tendo se apresentado como solista ou recitalista em todo o mundo e sempre com uma agenda disputada".

Knut Andreas é regente titular da Orquestra Sinfônica de Potsdam e da Orquestra Sinfônica Jovem de Berlim. É ainda professor honorário da Universidade de Potsdam. No Brasil, trabalhou com as orquestras de Campinas, Americana e Ribeirão Preto, com a Orquestra da Unicamp e com a Orquestra de Câmara OPUS, em Belo Horizonte. Foi premiado Melhor Regente no festival internacional "Michelangelo", na Itália, e recebeu a medalha Austregésilo de Athayde pela Academia de Letras e Artes de Paranapuã, no Rio de Janeiro.

Natural de Trieste, Itália, Emmanuele Baldini radicou-se no Brasil em 2005. É spalla da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) e membro do Quarteto de Cordas desta mesma orquestra. Desde sua adolescência ganhou inúmeros concursos internacionais. Em 2017, recebeu o prêmio de Melhor Instrumentista da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e no mesmo ano assumiu a função de diretor musical da Orquestra de Câmara de Valdivia, no Chile.

As apresentações da Temporada 2021 têm o apoio da Empem (Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle), Mega Bilheteria, Jornal de Piracicaba, Revista Arraso e Rádio Educativa FM. Como forma de colaborar com as ações do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), a produção da OSP incentiva a doação de 1 pacote de fralda geriátrica, que pode ser entregue na entrada do concerto. A apresentação e toda a produção seguem as medidas de isolamento social e higiene necessárias à contenção da propagação da Covid-19 e à preservação da saúde e segurança de todos os músicos e equipe técnica.

SERVIÇO – Temporada 2021 da Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Sábado, 30 de outubro, às 16h e 19h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto (avenida Independência, 277, Centro). Ingressos: www.megabilheteria.com, sendo dois por CPF, disponíveis a partir das 10h do dia 29. Informações: (19) 3433-3264 e 3434-2168 ou sinfonicadepiracicaba.org.br.