Sinfônica de Piracicaba distribui ingressos antecipados para o concerto de maio

Sinfônica de Piracicaba distribui ingressos antecipados para o concerto de maio
No terceiro concerto da Temporada 2016, a Orquestra Sinfônica de Piracicaba recebe o maestro Ernst Mahle como regente convidado e os músicos Raíssa Amaral (soprano), Alessandro Greccho (tenor) e Pedro Visockas (viola). As apresentações acontecem no sábado, 14, às 16h30 e às 20h30. A entrada é gratuita, sendo que os ingressos devem ser retirados antecipadamente no Teatro Municipal Erotídes de Campos, no Engenho Central, a partir de quarta-feira, 11, das 15h às 18h.
 
Três peças de autoria de Mahle integram o programa: a abertura da ópera O Garatuja, apresentada em dueto pelos cantores Raíssa Amaral e Alessandro Greccho, o Concerto para Viola, cuja primeira audição tem a interpretação do violista Pedro Visockas, além da Sinfônica Nordestina, obra que encerra a programação. O concerto traz também as árias  “Ah! Non credea mirarti” e “Ah! Non giunge”, da ópera La Sonnambula, de Bellini, interpretadas por Raíssa Amaral.
 
Aos 87 anos, o maestro alemão Ernst Mahle está no Brasil desde 1951 é conhecido pelo trabalho didático-pedagógico de cinco décadas por meio da Empem, escola por ele fundada há 67 anos e que hoje leva o seu nome. Segundo o maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular da Sinfônica de Piracicaba, o convite para a regência de maio é uma forma de reconhecimento à trajetória de Mahle, que formou, ao lado da esposa, Cidinha Mahle, aproximadamente cinco mil músicos.
 
A programação da OSP acontece paralela à 33ª Festa das Nações de Piracicaba. Para acessar o Engenho Central no dia das apresentações os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). As bilheterias ficam no Parque do Mirante (avenida Maurice Allain), Ponte Pênsil (avenida Beira Rio) e Passarela Estaiada (avenida Beira Rio). Os valores do estacionamento são R$ 20 (carros) e R$ 10 (motos). As áreas contarão com seguranças e orientadores. Toda a renda será revertida às entidades participantes da Festa das Nações.
 
A Temporada 2016 da OSP conta com recursos da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural, e patrocínio da Raízen e Caterpillar Brasil, pela Lei de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet. São apoiadores culturais a Rádio Educativa FM, Empem (Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle), Associação de Cultura Artística de Piracicaba, Maison Vivenda Buffet, Jornal de Piracicaba e Revista Arraso.
 
Os ingressos são válidos até 15 minutos antes dos espetáculos. A cota remanescente é entregue a quem estiver na bilheteria no ato dos concertos. A capacidade do Teatro é de 422 lugares. É possível optar por ingressos para acompanhar as apresentações das 17h (ensaio geral aberto) ou às 20h30 (concerto noturno). A palestra O Meu Concerto de Hoje acontece às 16h30. Ela está aos cuidados de Marcelo Batuíra Losso Pedroso, diretor do Jornal de Piracicaba e da Revista Arraso.
 
Raíssa Amaral
Foto Juliana HilalFormada em Canto Erudito e Violão Popular pela Unicamp, na qual também é mestranda em Música orientada pelo professor doutor Angelo Fernandes. Faz parte da Academia de Ópera do Theatro São Pedro, em São Paulo. Estudou violão clássico com Sergio Belluco. Integra o Coro de Câmera de Piracicaba, regido por Ernst Mahle, e o Coro Contemporâneo de Campinas, atuando como solista e coralista. Atuou nas óperas de W. Mozart: Don Giovanni, Die Zauberflöte, Le Nozze di Figaro e Der Schauspieldirektor. Atuou ainda na ópera Dido and Aeneas, de H. Purcell, e foi protagonista na ópera A Moreninha, de Ernst Mahle.
 
Alessandro Greccho
Iniciou seus estudos de canto com a avó, o soprano-dramático Iris Greccho, passando aos 20 anos para a orientação do barítono Caio Ferraz, com quem estuda até hoje. Dedica-se ao repertório de coloratura, Barroco e Clássico, aos personagens dramáticos de Rossini e ao estudo da interpretação da canção brasileira com  Maria José Carrasqueira. Participou do Ano Mozart, no Theatro Municipal de São Paulo.  Possui gravações em parceria com Walter Weiszflog e Anna Maria Kieffer. Faz duplo doutorado em filosofia na PUC/SP e na Université Paris VIII.
 
Pedro Visockas
Pedro Visockas - Foto: Rodrigo RosenthalEstudou violino com Maria Lúcia Zagatto Krug na Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle. Graduou-se bacharel em violino pela Unesp e em viola pelo Conservatório de Amsterdam (Holanda), onde foi aluno de Mikhail Zemtsov e Jürgen Kussmaul. Foi integrante da Orquestra Experimental de Repertório e músico convidado das principais orquestras do Brasil. Na Holanda foi membro da Sinfonia Rotterdam, onde gravou CD's, DVD's e participou de turnês pela Europa, Rússia e Brasil. Atualmente é violista da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e professor do Instituto Baccarelli.
 
SERVIÇO – Orquestra Sinfônica de Piracicaba, no Teatro Municipal Erotídes de Campos (avenida Doutor Maurice Allain, Parque do Engenho Central). Sábado, 14, às 16h30 (palestra O Meu Concerto de Hoje), às 17h (ensaio geral aberto) e às 20h30 (concerto noturno). Informações: (19) 3413-5212 e www.fb.com/sinfonicapiracicaba.
 
Rodrigo Alves
Orquestra Sinfônica de Piracicaba
Assessoria de Comunicação
(19) 99147-5733