Público da OSP em 2016 chega a 19.500 pessoas

Público da OSP em 2016 chega a 19.500 pessoas

 

Em 2016, a OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) realizou 83 eventos artísticos e educativos, alcançando público de 19.500 pessoas. A última atividade do ano desenvolvida pelo conjunto musical regido pelo maestro piracicabano Jamil Maluf ocorreu anteontem, 18, na capital paulista, quando o grupo se apresentou na Sala São Paulo. Todas as audições realizadas pela orquestra tiveram apoio cultural do Jornal de Piracicaba e da Revista Arraso.

De janeiro a dezembro, a OSP promoveu 13 concertos gratuitos em Piracicaba, com solistas do Brasil e exterior, sete ensaios gerais abertos e cinco palestras O Meu Concerto de Hoje, nas quais informações sobre as peças executadas em cada ocasião foram transmitidas por Maluf, que é o regente titular e diretor artístico da orquestra desde 2015, e Marcelo Batuíra, diretor responsável do JP e Revista Arraso. Aproximadamente 5.600 pessoas marcaram presença nestes eventos.

Além disso, cerca de 7.500 crianças de diversas escolas de Piracicaba tiveram a possibilidade de se aproximar do universo musical erudito por meio dos projetos educativos da OSP, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Foram 16 “showcertos” A, B, C do Dó Ré Mi, nos quais os estudantes vão ao Teatro do Engenho, e 42 apresentações do Música nas Escolas, com a presença de instrumentistas em 21 instituições de ensino, realizando duas audições em cada local.

O primeiro concerto do ano foi em janeiro, quando a OSP tocou junto da cantora piracicabana Bebé Salvego. Cerca de 3.000 pessoas compareceram. Em julho, a orquestra integrou o 47º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o maior evento de música erudita da América Latina, reunindo 2.000 pessoas.

No último domingo, 1.400 pessoas assistiram ao concerto em São Paulo. “A orquestra conseguiu cumprir todos os projetos que se dispôs a fazer durante ano. Fiquei orgulhoso com o resultado da apresentação na Sala São Paulo. O público pediu dois bis, o que é muito raro em um concerto matinal. A OSP passou com louvor neste teste de fogo, para qualquer músico, que é estar na principal sala de concertos do país”, falou Jamil Maluf, acrescentando que aguarda definições de apoio para a próxima temporada.

Prefeito de Piracicaba, Gabriel Ferrato assistiu ao concerto na capital paulista e elogiou a audição, relembrando as mudanças da orquestra nos últimos dois anos. “Quando assumi o Governo Municipal, a OSP passava por momentos difíceis, mesmo com sua história de 116 anos. Em 2015, decidimos apostar em seu processo de reestruturação, com o Jamil Maluf. Foram admitidos novos instrumentistas e criada a temporada regular. Com o concerto na grandiosa Sala São Paulo, encerramos com sucesso e orgulhosos a temporada 2016 da orquestra. Por todos esses motivos, coloco a reestruturação da OSP como um dos maiores feitos durante minha gestão na área cultural”, afirmou.

Rosângela Camolese, secretária da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) também diz se sentir satisfeita com a temporada da sinfônica em 2016. “Toda a programação foi de alto nível, um trabalho que prima pela qualidade do início ao fim, um modelo de iniciativa de promoção e valorização da cultura feita com seriedade e competência”, comentou.

Reportagem do Jornal de Piracicaba - Edição de 20 de dezembro de 2016
Texto: Sabrina Franzol - Edição: Rubens Vitti Jr.


Confira os números da Temporada 2016

83 eventos, distribuídos em
5 palestras O Meu Concerto de Hoje
7 ensaios gerais abertos
13 concertos
16 showcertos ABC do Dó Ré Mi no Teatro do Engenho
42 apresentações do projeto Música nas Escolas (sendo 21 escolas, com 2 apresentações por escola).

19.500 estimativa de público em 2016
3.000 pessoas na Esalq com Bebé Salvego.
2.000 pessoas em Campos do Jordão com bandolinista Fábio Peron.
1.400 pessoas na Sala São Paulo
5.600 pessoas nos ensaios e concertos no Teatro do Engenho, incluindo as palestras O Meu Concerto de Hoje.
7.500 crianças da rede municipal de ensino foram contempladas com os projetos didáticos ABC do Dó Ré Mi (6.000) e Música nas Escolas (1.500), ambos inéditos e criados para apresentar ao público infantil o encantador mundo dos sons.

TEMPORADA 2016

22 de janeiro, Esalq
18h – Concerto ao ar livre
Bebé Salvego, Coro do Projeto Guri e Jamil Maluf, regente

12 de março, Teatro do Engenho
16h30 – Palestra O meu concerto de hoje
17h – Ensaio geral aberto ao público
20h30 – Concerto noturno
Jamil Maluf (regente)

16 de abril, Teatro do Engenho
16h30 – Palestra O meu concerto de hoje
17h – Ensaio geral aberto ao público
20h30 – Concerto noturno
José Carlos Amaral Vieira, solista (piano) e Jamil Maluf (regente)

14 de maio, Teatro do Engenho
16h30 – Palestra O meu concerto de hoje
17h – Ensaio geral aberto ao público
20h30 – Concerto noturno
Raissa Amaral (soprano), Alessandro Greccho (tenor), Pedro Visockas, solista (viola) e Ernst Mahle (regente convidado)

11 de junho, Teatro do Engenho
16h30 – Palestra O meu concerto de hoje
17h – Ensaio geral aberto ao público
20h30 – Concerto noturno
Fábio Peron, solista (bandolim) e Jamil Maluf (regente)

9 de julho, Praça do Capivari
16h30 – 47º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão
Fábio Peron, solista (bandolim) e Jamil Maluf (regente)

17 de julho, Teatro do Engenho
17h – Concerto de abertura do 7º Feimep
Rosnei Tuon (solista) e Jamil Maluf (regente)

20 de agosto, Teatro do Engenho
16h30 – Título de Piracicabanus Praeclarus ao Maestro Jamil Maluf
17h – Ensaio geral aberto
20h30 – Concerto noturno
Gustavo Quintino (contrabaixo), Matheus Baião (violino) e Rafael Figueredo (contrabaixo), Thiago Tavares (regente convidado)

24 de setembro, Teatro do Engenho
20h30 – Concerto noturno
Rubens Medina (tenor) e Jamil Maluf (regente)

16 de outubro, Teatro do Engenho
14h – Ensaio geral aberto ao público
17h – Concerto das Crianças
OSP e Coro do Projeto Guri – Vanessa Zambão (regente)
Sol, Lá, Cidade, com a Cia. Imago – Fernando Anhê (direção e criação) e Jamil Maluf (regente)

19 de novembro, Teatro do Engenho
16h30 – Palestra O meu concerto de hoje
17h – Ensaio geral aberto ao público
20h30 – Concerto noturno
Cristian Budu (solista) e Jamil Maluf (regente)

17 de dezembro, Teatro do Engenho, às 17h
18, domingo, Sala São Paulo, às 11h
Leonardo Neiva (barítono) e Jamil Maluf (regente)