Ernst Mahle rege Sinfônica de Piracicaba no concerto dos 250 anos da cidade

Ernst Mahle rege Sinfônica de Piracicaba no concerto dos 250 anos da cidade

O maestro Ernst Mahle, de 88 anos, é o regente convidado da Orquestra Sinfônica de Piracicaba (OSP) no concerto comemorativo dos 250 anos da cidade. As apresentações gratuitas no Teatro Erotídes de Campos acontecem no sábado, 19, às 16h30 e às 20h30, com solo, ao oboé, do piracicabano Luis Carlos Justi. A realização é do Ministério da Cultura, com patrocínio da Raízen e Caterpillar Brasil, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet.

Natural de Stuttgart, na Alemanha, Mahle chegou ao Brasil em 1951, em plena 2ª Guerra Mundial. Nos 72 anos de carreira, compôs mais de 2 mil obras. Por 50 anos, esteve à frente da Escola de Música de Piracicaba, onde dedicou-se ao ensino de aproximadamente 5 mil alunos. “O convite para que o maestro Mahle assumisse o concerto comemorativo é uma forma de homenagear a quem tanto fez pela arte musical em nosso país”, diz o maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular da OSP.

Composta por Mahle em 1994, a suíte sinfônica Arapuá-Tupana abre o programa. A obra funde música e literatura para contar a lenda dos índios Tembé, dos estados do Maranhão e do Pará, sobre como os animais perderam o dom de falar. Os bichos são caracterizados por temas e relacionados aos instrumentos musicais ou aos grupos da orquestra. A narração é de Norberto Vieira.

Na sequência, é a vez da primeira audição do Concerto para Oboé e Sinfônica, obra em quatro movimentos criada por Mahle em 2016 e dedicada ao oboísta Luis Carlos Justi, que atua como solista na ocasião. Justi iniciou seus estudos na Empem com o maestro Mahle e José Davino Rosa. Atua há 32 anos como professor de oboé e música de câmara na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Integra, desde 1995, o Quinteto Villa-Lobos, grupo de câmara mais antigo no Brasil e que comemora 55 anos de atividades ininterruptas.

Para encerrar o programa, a OSP apresenta a Sinfonia nº 4 em Ré Menor, obra em quatro movimentos de Robert Schumann, apresentada pela primeira vez em 1841 e revisada dez anos depois pelo próprio compositor alemão. “Apesar de toda a sua beleza orquestral, de caráter inovador e original, é uma sinfonia pouco difundida. Possui um drama intenso e é, ao mesmo tempo, poética”, contextualiza o maestro Jamil Maluf.

A Temporada 2017 da OSP é correalizada pela Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio das secretarias da Ação Cultural e Turismo (SemacTur) e de Educação, e conta com o copatrocínio do Grupo Pizzinatto e das Indústrias Marrucci, o apoio institucional da Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle (Empem), Oscip Pira 21 e Cultura Artística, e apoio de mídia da Rádio Educativa FM, Revista Arraso e Jornal de Piracicaba.

A apresentação das 16h30 começa com a palestra O Meu Concerto de Hoje, a ser proferida por Marcelo Batuíra Losso Pedroso, diretor do Jornal de Piracicaba e da Revista Arraso.

A OSP incentiva a doação de fraldas geriátricas, em prol das entidades assistidas pelo Fundo Social de Solidariedade. Os ingressos gratuitos para os concertos devem ser retirados na bilheteria do Teatro nos dias 16, 17 e 18, das 15h às 18h. A cota remanescente, se houver, será entregue a quem estiver no Teatro antes de cada espetáculo, onde será formada uma fila de espera.

Para marcar os 250 anos da cidade, completados em 1º de agosto, a equipe do Salão Internacional de Humor de Piracicaba levará para a frente do Teatro do Engenho dois peixes em fibra de vidro da exposição “Pira Parade”, de 180 centímetros de altura por 170 metros de largura, customizados por artistas locais. Ao público que produzir selfies, vídeos e stories, a OSP solicita o uso da #MinhaOSP. A produção de imagens e gravações também está liberada no momento do BIS dos concertos, para postagens com a mesma hashtag nas redes sociais.

SERVIÇO – Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Sábado, 19 de agosto, às 16h30 e às 20h30, no Teatro Municipal Erotídes de Campos (avenida Doutor Maurice Allain, Parque do Engenho Central). Entrada gratuita. Informações: (19) 3413-5212 e www.sinfonicadepiracicaba.org.br.