Sinfônica faz sessão especial do showcerto ABC do Dó, Ré, Mi

Sinfônica faz sessão especial do showcerto ABC do Dó, Ré, Mi

A Orquestra Sinfônica de Piracicaba (OSP) comemora o mês das crianças com uma apresentação especial do espetáculo ABC do Dó, Ré, Mi, às 20h de quinta-feira, 26, no Teatro Municipal Erotídes de Campos, o Teatro do Engenho. Fruto de fusão entre música, humor e teatro, a montagem livre para todas as idades desvenda o mundo da música erudita e familiariza o público aos diferentes aspectos dos instrumentos. A entrada é gratuita. A abertura da bilheteria acontece uma hora antes da sessão.

O fio condutor do ABC do Dó, Ré, Mi se dá a partir da interação entre um desengonçado palhaço, que “atrapalha” diversas vezes o maestro e os 18 instrumentistas da Orquestra. Entre uma música e outra surgem as explicações sobre as famílias dos instrumentos, a versatilidade da orquestra e a diferença dos instrumentos e das famílias das cordas, madeiras, metais e percussão. São incluídas explicações sobre o papel de um maestro na orquestra e os gestos usados na regência.

O enredo é conduzido pelo ator Romualdo Sarcedo, que há mais de 20 anos trabalha com o teatro infantil, e o violinista Luis Fernando Dutra, intérprete do maestro no espetáculo. A apresentação dura 50 minutos, incorpora instrumentos de brinquedo às cenas e traz canções conhecidas do público infantil.

Concebido em 2016 pelo maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular da OSP, o projeto ABC do Dó, Ré, Mi é realizado com recursos da Secretaria Municipal de Educação e tem o apoio da SemacTur (Secretaria da Ação Cultural e Turismo). A ideia de uma sessão especial é para demonstrar o trabalho didático-pedagógico que contemplará, até o final de 2017, aproximadamente 11 mil crianças da rede municipal de ensino.

Segundo a secretária de Educação, Angela Jorge Corrêa, o projeto assegura a formação, difusão e valorização cultural das crianças. “É um espetáculo que precisa ser assistido por outras pessoas, pois a OSP tem feito uma revolução silenciosa nos hábitos das nossas crianças, que a cada mês visitam o Teatro do Engenho para as sessões. Elas saem do teatro conscientes de que a música clássica pode ser muito agradável”.

Conforme destaca o maestro Jamil Maluf, o projeto foi criado a partir do diálogo na Secretaria de Educação com as coordenações de educação infantil e de ensino fundamental. “A OSP quer colaborar para o desenvolvimento cultural das crianças. É de pequeno que se criam bons hábitos, como o consumo do produto cultural. Não se gosta do que não se conhece, por isso levamos uma mensagem musical fascinante”, diz.

Ainda esta semana, a OSP promove o oitavo concerto da Temporada 2017, também no Teatro do Engenho, em homenagem ao compositor italiano Giuseppe Verdi. São duas apresentações no sábado, 28: às 16h30 tem a palestra sobre ópera e apresentação de árias e aberturas pela orquestra e, às 20h30, o concerto. Os convidados deste mês são a solista Eliane Coelho, principal nome da cena lírica brasileira, e o maestro Gabriel Rhein-Schirato, que coordena o Opera Studio, do Theatro Municipal de São Paulo.

A Temporada 2017 tem o patrocínio da Raízen, ArcelorMittal e Caterpillar Brasil, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, e Programa de Ação Cultural (ProAC), do Governo do Estado de São Paulo. A correalização é das secretarias da Ação Cultural e Turismo (SemacTur) e de Educação, o copatrocínio do Grupo Pizzinatto, Occitano Apart Hotel e das Indústrias Marrucci, o apoio institucional da Empem, Oscip Pira 21 e Cultura Artística, e apoio de mídia da Rádio Educativa FM, Revista Arraso e Jornal de Piracicaba.

O Teatro Municipal Erotídes de Campos, o Teatro do Engenho, está localizado no Parque do Engenho Central, na avenida Maurice Allain, 454. Mais informações: (19) 3413-5212 e www.sinfonicadepiracicaba.org.br.