Sinfônica de Piracicaba recebe o multi-instrumentista André Mehmari

Sinfônica de Piracicaba recebe o multi-instrumentista André Mehmari

A OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) realiza no sábado (26), às 15h e às 18h, o terceiro concerto da Temporada 2018. Sob a batuta do diretor artístico e regente titular Jamil Maluf, o conjunto conta com a participação especial do multi-instrumentista André Mehmari como compositor, arranjador e solista. As apresentações no Teatro do Engenho têm entrada gratuita, sob o patrocínio da Raízen, Hyundai e Oji Papéis Especiais, via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. A realização é da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da SemacTur (Secretaria da Ação Cultural e Turismo).

Carioca de 41 anos, Mehmari iniciou a carreira profissional aos 11. Considerado um dos músicos mais versáteis da atualidade, tem extensa discografia e recebeu prêmios nas áreas erudita e popular. Seus arranjos e composições foram tocados pelos mais expressivos grupos orquestrais, de jazz e de câmara. Frequentemente, ele realiza turnês pelos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Mehmari participa do concerto da OSP com três obras, sendo duas com arranjos de sua autoria: Lôro, composição de Egberto Gismonti dedicada a Hermeto Pascoal, e o medley Bebê/Frevo, a partir de obras de Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti. Há também o segundo movimento do Concerto Chorado para Piano e Orquestra, composto por Mehmari a partir de um choro-canção e que já foi executado pela Orquestra Sinfônica de Heliópolis e Miami Symphony Orchestra.

O maestro Jamil Maluf já se apresentou com o multi-instrumentista em três ocasiões, ambas com a OER (Orquestra Experimental de São Paulo), no Theatro Municipal de São Paulo. A mais recente foi na semana passada, na Virada Cultural de São Paulo. As demais foram em 1998, quando Mehmari criou arranjos para o espetáculo Cinema em Concerto, e em 2004, nas celebrações dos 450 anos de São Paulo. “É um dos raros casos em que se fundem talento, versatilidade e originalidade. Músico completo, Mehmari cativa amplamente a crítica e o público”, diz Maluf.

Para encerrar o programa, a OSP traz a Sinfonia nº 1 em dó maior, composta por Georges Bizet em 1855 e cuja primeira apresentação ocorreu apenas 60 anos após sua morte. “Completam-se, em 2018, os 180 anos de nascimento de Bizet e encontramos nesta sinfonia uma forma de homenagear um maiores compositores do mundo, em uma obra de riqueza melódica e colorido orquestral extraordinário”, explica o maestro.

A Temporada 2018 da OSP tem o apoio institucional da Empem, Oscip Pira 21 e Cultura Artística, e apoio de mídia da Rádio Educativa FM, Revista Arraso e Jornal de Piracicaba.

Além dos concertos mensais gratuitos, completam a Temporada 2018 da OSP três projetos de educação musical, desenvolvidos com recursos da Secretaria Municipal de Educação: o ABC do Dó, Ré, Mi, o Música nas Escolas e o Pequena Grande Orquestra.

Excepcionalmente este mês, não haverá a palestra O Meu Concerto de Hoje, realizada antes do ensaio geral aberto, às 15h.

SERVIÇO – Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Sábado, 26 de maio, às 15h e às 18h, no Teatro Erotídes de Campos (avenida Doutor Maurice Allain, Parque do Engenho Central). A entrada é gratuita. Distribuição de ingressos nos dias 23, 24 e 25, das 15h às 18h. A cota remanescente, se houver, será distribuída a quem estiver na fila de espera, antes dos concertos. Informações: www.sinfonicadepiracicaba.org.br e (19) 3413-5212.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA OSP
Rodrigo Alves – (19) 99147-5733
FOTO: Gal Oppido